01/11/2019

08:41

Arroba do boi gordo deve continuar firme em 2019, indica Safras

O panorama segue alicerçado no quadro de restrição de oferta, dominante no segundo semestre, afirma o analista Fernando Henrique Iglesias.

O mercado físico do boi gordo segue com preços firmes principais praças pecuária, segundo acompanhamento da consultoria Safras. “Este panorama segue alicerçado no quadro de restrição de oferta, dominante no segundo semestre”, afirma o analista Fernando Henrique Iglesias.

 

De acordo com o especialista, não há indícios de mudanças desse perfil no último bimestre, avaliando o prejuízo no desenvolvimento das pastagens com o regime irregular de chuvas que vigorou no segundo semestre. “Com isso, haverá uma lacuna de oferta justamente no período de maior consumo de carne bovina do ano”, diz.

Em São Paulo, os preços passaram de R$ 172 para R$ 173 por arroba. Em Minas Gerais, continuaram em R$ 164 por arroba. Em Mato Grosso do Sul, seguiram em R$ 160 por arroba. Em Goiânia (GO), a cotação permaneceu em R$ 159 por arroba. Já em Mato Grosso, seguiu em R$ 154 por arroba.

Atacado

Os preços da carne bovina ficaram estáveis. “A tendência de curto prazo ainda remete a reajustes, avaliando o otimismo em relação ao consumo no decorrer do último bimestre, período que costumeiramente é pautado pelo ápice do consumo. Além disso, o desempenho das exportações segue muito positivo, aumentando a propensão a reajustes no mercado doméstico”, analisa Iglesias.

Fonte: Canal Rural

Deixe seu comentário

Economia