12/11/2019

10:37

Exportação de carne suína sobe até último mês

“No mês de outubro, foram exportadas 68,1 mil toneladas’

As exportações de carne suína do Brasil subiram 11,7% até outubro, chegando a 592,3 mil toneladas, puxadas principalmente pela demanda asiática, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). As informações foram divulgadas pelo portal especializado CarneTec Brasil.

“As vendas para a Ásia seguem impulsionando as exportações de carne suína, com elevação, no mês de outubro, de 81% nos embarques para a China e de 19% para Hong Kong”, disse o presidente da ABPA, Francisco Turra, em comunicado.

Além disso, o faturamento com as exportações de carne suína somou US$ 1,23 bilhão de janeiro a outubro, alta de 23% ano a ano. “No mês de outubro, foram exportadas 68,1 mil toneladas de carne suína, 8% a mais que no mesmo mês do ano passado. A receita com as exportações em outubro foi de US$ 108,1 milhões, a maior registrada nos últimos 24 meses e 38,4% superior à de outubro de 2018”, completou a CarneTec Brasil.

Além disso, é possível afirmar que as exportações brasileiras de carne de frango tiveram forte desaceleração em outubro, com um volume 8,8% menor que o exportado no mesmo mês do ano passado. Foram embarcadas 334 mil toneladas de carne de frango, resultando em uma receita de US$ 536,5 milhões (-7,1%).

“As vendas de carne de frango foram mais qualificadas em outubro deste ano, registrando preço médio 1,8% superior ao registrado em relação ao ano anterior. Ao mesmo tempo, o quadro sanitário da Ásia segue gerando efeitos nas exportações, com elevação de 39% nas exportações para a China”, disse o diretor executivo da ABPA, Ricardo Santin.

 

 

Fonte: Agrolink

Deixe seu comentário

Economia